Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas NO suporte Ao tratamento de doenças comuns da infância
Video do artigo

Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas NO suporte Ao tratamento de doenças comuns da infância

24/09/2020
Alberto Reis


A Medys, juntamente com o Cidadela, apoia a difusão de informações relevantes baseadas em artigos científicos. Desta forma, estamos disponibilizando materiais elaborados pelo CABSIn, Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa, que trazem informações importantes para a gestão da saúde e do bem-estar da população.

Especialidade médica naturalmente integrativa, a pediatria encontra nas Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas suporte no tratamento de doenças comuns da infância, na diminuição das dores e na redução do uso dos antibióticos, como mostram as evidências científicas.

Estima-se que a população global chegou a 7,8 bilhões, em julho de 2020, e que desse total, segundo relatório da Divisão de População da Organização das Nações Unidas (ONU), quase um quarto são crianças entre 0 e 14 anos. Por aqui, no Brasil, a proporção é semelhante: conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um terço da população brasileira é composta por crianças e adolescentes, ou seja, 69 dos cerca de 209 milhões de pessoas. Mas por que conhecer os números da infância e da adolescência é tão importante, especialmente neste ano de 2020? O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), principal marco legal e regulatório dos direitos humanos desta faixa etária, completou 30 anos. Com base no ECA e numa discussão coletiva, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC) chega a cinco anos de existência, lançando luz para este universo amplo e complexo, que envolve dezenas de milhões de indivíduos em uma fase decisiva de seu desenvolvimento bio-psico-espiritual-social-ambiental, cujos impactos podem ser observados na vida adulta, em termos de morbi-mortalidade, longevidade, ética, tolerância, habilidades interpessoais complexas, felicidade e saúde planetária.

Apoiadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e incorporadas como estratégias de cuidados em saúde pública no Brasil, em 2006, através da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) do Ministério da Saúde – que hoje abarca 29 práticas integrativas, ofertadas no SUS de forma gratuita, em mais de 4 mil municípios, as Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI) revelam-se importantes aliadas desta atenção ampla à saúde de crianças e adolescentes. As MTCI, que no universo da infância e da juventude recebe o nome de Medicina Integrativa Pediátrica (MIP) ou Pediatria Integrativa, já fazem parte da realidade de mais de 12 países, e tem a defesa da Academia Americana de Pediatria. “Oferece uma abordagem orientada para a cuidado integral centrado no bebê, na criança ou no adolescente, com ênfase na humanização do atendimento, incluindo todos os elementos do estilo de vida e saúde da família”, define a Academia, completando: “Enfatiza a poderosa tríade saúde-criança-família, é informada por evidências e faz uso de todas as terapias apropriadas1”.

Este campo do conhecimento ganha, também, destaque no Brasil. Em 22 de novembro de 2019, o país recebeu o 1º Simpósio Internacional de Pediatria Integrativa, reunindo pesquisadores de 12 países. Como resultado desse encontro, marcado na história da Pediatria Integrativa, foi produzida a Declaração São Paulo sobre Pediatria Integrativa. O documento afirma: “As boas práticas pediátricas apoiam o desenvolvimento saudável da criança no contexto da sua família e da comunidade em geral e proporcionam terapias eficazes e seguras; respeitam os valores e crenças da família e da criança; e são tão não invasivas quanto possível”. Das boas práticas pediátricas, segundo a Declaração, fazem parte a capacitação de crianças e famílias e o trabalho em colaboração interprofissional entre trabalhadores da saúde e educadores, para promover o desenvolvimento rumo a um indivíduo saudável, livre e autônomo. “O respeito e a preservação do ambiente natural não são apenas a base da vida para as gerações futuras, mas são também essenciais para o desenvolvimento saudável da criança, e base de muitas terapias tradicionais e complementares”, registra o documento.

Veja a matéria completa no link: https://bit.ly/3kGXWKS

Redação: Katia Machado

Revisão: Ricardo Ghelman e Caio Portella

Juntos somos mais fortes!


Relacionados

RESPIRADOR CRIADO PELA USP 15 VEZES MAIS BARATO É APROVADO EM TESTES FINAIS COM HUMANOS

RESPIRADOR CRIADO PELA USP 15 VEZES MAIS BARATO É APROVADO EM TESTES FINAIS COM HUMANOS

A USP informou que o ventilador pulmonar emergencial criado por um grupo de engenheiros da Universidade passou pelas etapas finais de teste. O próximo passo é enviar a documentação para os órgãos complementares para aprovação, como a Agência...

Criolipólise - Você sabe o que é e para que serve esse procedimento?

Criolipólise - Você sabe o que é e para que serve esse procedimento?

...

Tecnologia Saúde e Bem Estar - Cidadela Carlos Prates

Tecnologia Saúde e Bem Estar - Cidadela Carlos Prates

A Medys, juntamente com o Cidadela apoia a difusão de informação relevantes baseadas em artigos científicos, desta forma estamos disponibilizando materiais elaborados pelo CABSIn, Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa, que trazem...

Você ingere sem saber e adoece sem querer - Bisfenol A

Você ingere sem saber e adoece sem querer - Bisfenol A

Você sabia que no nosso dia a dia ingerimos diversas substâncias que nem conhecemos? Hoje Ivan Brandão fala sobre o Bisfenol A e os perigos dele para o organismo. Confira....

5 Maneiras Do 5G Transformar a Saúde

5 Maneiras Do 5G Transformar a Saúde

A Medys, juntamente com o Cidadela, vem difundir informações importantes para a gestão da saúde pessoal. Faremos uma sequência de 6 postagens tratando de como a tecnologia 5G pode melhorar a experiência do paciente com cuidados preventivos da s...

Saiba mais sobre o novo coronavirus (covid-19)

Saiba mais sobre o novo coronavirus (covid-19)

O que é o Novo Coronavírus (Covid-19)?

Os coronavírus são uma grande família viral, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.
Em 80% dos casos, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a mo...

Noções Básicas de Alimentação e Nutrição

Noções Básicas de Alimentação e Nutrição

Sejam bem vindos!

No decorrer do ano eu Alaíde Catarina Reis estarei aqui com vocês passando algumas dicas de nutrição e de como leva uma vida saudavél sem sofrimento....

TELEMEDICINA: O ATENDIMENTO MÉDICO EM TEMPO DE PANDEMIA

TELEMEDICINA: O ATENDIMENTO MÉDICO EM TEMPO DE PANDEMIA

Telemedicina: o atendimento médico em tempos de pandemia !
Com a pandemia do coronavírus e a necessidade da adoção de medidas para reduzir a velocidade da transmissão da doença um novo modelo de assistência que abrange toda a prática médica...

PRÁTICAS COMPLEMENTARES E EFICAZES NO TRATAMENTO DAS DORES CRÔNICAS

PRÁTICAS COMPLEMENTARES E EFICAZES NO TRATAMENTO DAS DORES CRÔNICAS

Cerca de 60 milhões de pessoas – 37% da população brasileira – relataram sentir alguma dor crônica, aquela que persiste ou recorre por mais de três meses. ...

Coronavirus (covid-19) no Brasil e no mundo

Coronavirus (covid-19) no Brasil e no mundo

A taxa de mortalidade do novo coronavírus (Covid-19) é de 3,74% neste sábado (14). No mundo, foram infectadas cerca de 150.00 pessoas, entre as quais 5.614 morreram....

Se toca garota! Informações sobre prevenção ao câncer de mama

Se toca garota! Informações sobre prevenção ao câncer de mama

...

Alimentação

Alimentação

A alimentação é fundamental em nossas vidas, pois o nosso organismo só funciona mediante á uma alimentação equilibrada......

DA PESTE ANTONINA AO COVID-19 : PANDEMIAS QUE MEXERAM COM O MUNDO

DA PESTE ANTONINA AO COVID-19 : PANDEMIAS QUE MEXERAM COM O MUNDO

Desde que os seres humanos ocuparam o mundo, doenças também passaram a existir e se espalhar entre a sociedade. Apesar de surtos de determinadas doenças ocorrerem com frequência, apenas algumas chegam ao patamar de uma pandemia – como é o caso...

A ESPERANÇA QUE CORRE NAS VEIAS

A ESPERANÇA QUE CORRE NAS VEIAS

...

Depressão e ansiedade sob a ótica ampliada das práticas integrativas e complementares em saúde

Depressão e ansiedade sob a ótica ampliada das práticas integrativas e complementares em saúde

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os transtornos em saúde mental recrudescer, preocupando a Saúde Pública, mas encontram nos Mapas de Evidências Clínicas em Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI) um olhar seguro e a...