Rede de Vizinhos Protegidos do Futuro com Sistema de Monitoramento

A cidade grande reserva surpresas boas e também ruins para seus habitantes. Com o crescimento dos comércios e dos condomínios residenciais nos vários bairros de Belo Horizonte e da Região Metropolitana, cresce também a violência e a insegurança, problemas apontados como os principais das metrópoles. Um exemplo disso é o aumento dos casos de furtos de bicicletas em garagens de prédios de BH em 2020, de acordo com dados do Observatório de Segurança Pública/Reds/Sejusp.

Esses problemas se agravam também com a pandemia, tanto no lockdown quanto na reabertura gradual do comércio, por meio do aumento dos furtos, do arrombamento de lojas e da destruição dos equipamentos, causando grandes prejuízos financeiros. Segundo o Cidadela, por exemplo, empresários com estabelecimentos na Av. Pedro II (região Noroeste da capital) relataram que tiveram prejuízos com pelo menos seis furtos sofridos em apenas uma semana.

Monitoramento: solução para insegurança na cidade

Nesse contexto, fica clara a necessidade de um sistema que garanta mais segurança, tanto para os moradores quanto para os comerciantes dos bairros de Belo Horizonte e da Região Metropolitana. Portanto, uma ótima solução para isso é o videomonitoramento, uma ferramenta importante que pode servir como prova documental de um crime e ajudar, assim, no enfrentamento da violência. 

O videomonitoramento possui diversos benefícios: além de ajudar a aumentar a segurança e a proteger o patrimônio de moradores e comerciantes, ajuda a monitorar o fluxo de pessoas para identificar possíveis atividades suspeitas, ajuda a inibir tentativas de furtos e arrombamentos, trabalha o monitoramento em tempo real de forma remota e viabiliza o armazenamento das imagens captadas.

Cidadela já investe no videomonitoramento

Já se sabe que o Cidadela está transformando Belo Horizonte na capital do futuro com a ajuda de moradores, comerciantes e do poder público. Por meio de eventos e melhorias de infraestrutura, o projeto traz qualidade de vida para a comunidade, que se beneficia bastante dos avanços implementados.

Agora, o Cidadela traz uma novidade para a região: o projeto está implementando o videomonitoramento para os comerciantes que se sentem inseguros com o aumento da violência na cidade. Belo Horizonte já conta com um serviço de câmeras inteligentes que se integra aos órgãos públicos e que pode cuidar tanto da vigilância quanto de outras funcionalidades, que variam de acordo com a intenção da instituição contratante. 

Com o sistema implantado no estabelecimento, qualquer situação anormal provoca o acionamento do alarme junto a Central de Monitoramento, de responsabilidade da empresa de Segurança parceira da Cidadela, que aciona os órgãos de Segurança Pública. Durante esse processo, são usados equipamentos de alta tecnologia para levar segurança aos moradores e comerciantes do bairro e também para que esse acionamento seja feito da forma mais rápida possível.

Dentro do conceito de Cidade Inteligente, o Cidadela promove a segurança da comunidade por meio da Internet das Coisas, um conceito que traz a internet para dentro da rotina e do dia a dia da sociedade, facilitando a vida e até mesmo aumentando a acessibilidade a essa ferramenta tão necessária para o desenvolvimento social.

A adesão ao projeto piloto do videomonitoramento do Cidadela leva em consideração a viabilidade da ideia, a redução de custos para o Poder Executivo da Câmara Municipal e a otimização do trabalho policial que está sendo viabilizada por meio da disponibilização de câmeras pela propia comunidade, sem custos ao bairro.

Durante os ultimos meses, as primeiras câmeras de segurança foram ativadas na região noroeste de BH com o intuito de demonstrar as funcionalidades do sistema em tempo real, com simulações de reconhecimento de placas de veículos e de botão do pânico. As câmeras estão sendo instaladas em varias empresas e condominios da cidade sendo localizadas em pontos estratégicos da região, tendo varias empresas tradicionais aderindo ao futuro de Belo Horizonte, alem de vários outros pontos em andamento também aderindo ao futuro dos bairros.

Locais de grande circulação de pessoas e com alto índice de criminalidade.

O Cidadela lançou uma promoção para que comerciantes e moradores também possam se beneficiar dessa tecnologia: o projeto conseguiu garantir câmeras a um valor promocional para as empresas que se cadastrarem alem de garantir publicidade para seus serviços com mais segurança para proprietários, clientes e vizinhos.

Cada empresa ou comércio que se cadastrar durante a promioção fará um investimento mensal de R$200 por ano. Contratando o Plano, no qual estão contemplados o Cidadela Influencer + Câmera e Serviço de Monitoramento, o comerciante terá divulgação de seus produtos ou serviços nas redes e nos conteúdos patrocinados do Cidadela, podendo ser visto por mais de 200 mil pessoas diariamente.

Metade do investimento realizado é convertido em ações e benefícios para a população por meio da implementação do monitoramento 24 horas, câmeras com algoritmos de reconhecimento de placas de veículos, acesso aos órgãos públicos responsáveis e vários outros benefícios. E tem mais: para cada região que a Cidadela começar a atuar, o projeto garante as 200 primeiras câmeras de segurança no preço da promoção no Plano Cidadela Influencer.

Através da parceria entre Cidadela, e parceiros, o projeto conseguiu algo nunca antes visto. “Com menos de sete reais por dia, o comerciante leva publicidade em massa para seus produtos e serviços, além de garantir muita segurança para seu patrimônio e principalmente para seus amigos, clientes e vizinhos”, comenta Alberto Reis, criador do Cidadela.

Para garantir a promoção, basta acessar o site, escolher o Plano Black Friday e cadastrar seus dados que a equipe entrará em contato para finalização do contrato: www.cidadela.com.br/beneficios.

Sobre o Cidadela 

Os desafios da gestão de uma cidade segura passam pela implementação de tecnologias que permitam que com muito menos recursos humanos e materiais seja possível agir de forma mais proativa no combate à criminalidade.

O Projeto Cidadela é uma iniciativa que tem como objetivo alcançar 10 mil câmeras instaladas em Minas Gerais nos próximos quatro anos, visando inibir a ação de criminosos e aumentar a segurança e o bem-estar da população.

O projeto Cidadela foi criado em Belo Horizonte e tem como objetivo criar uma cidade mais integrada e segura por meio da conexão entre população e comércio, de forma a realizar melhorias em segurança, esporte, cultura e lazer por meio do aplicativo e da plataforma on-line.

O Cidadela pretende levar as tecnologias e as parcerias criadas para diversos bairros da capital e da Região Metropolitana, melhorando a vida dos moradores e das pequenas empresas com o menor custo possível para o contribuinte. Assim, o projeto consegue criar cidades e bairros inteligentes com ajuda da própria comunidade.

Saiba mais: www.cidadela.com.br

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você nos autoriza a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.